Vou ensinar como lhe amar

lida Contador de acesso vezes
▬▬▬▬▬▬▬▬
Eu só espero que, já que não posso
Alguém a faça feliz como de fato você merece
Até entendo que um “amor” como o nosso
Não daria certo por não ter um alicerce

Todavia eu continuaria, caso impedida eu não fosse
Por você ou pelo destino... pouco importa, já acabou-se
Não irei julgá-la, nem ao destino, nem a vida, nem a mim
Não foram os atos, nem as palavras, tampouco as cartas, enfim...

Eu só espero que alguém sorria pelo simples fato de você existir
E que demonstre esse contentamento para também fazê-la sorrir
Que permita ser exposto o brilho nos olhos só por lhe ver
E que seus olhos também brilhem e ele seja digno de perceber

Que alguém estremeça com um simples tocar de sua mão
E que ao receber seu beijo esqueça do mundo, esqueça a razão
Que deixe claro que lhe ama, não fique só de alusão
Que feche os olhos pra lembrar de você na multidão

Que esqueça de si e pense só em você 30 horas por dia
Que pense que outra igual a você, nem mesmo Deus faria
Que admire sua beleza, sua voz e até mesmo seus defeitos
Que não se importe com o fato de ter mudado os próprios conceitos

Pois se alguém fizer tudo isso, saiba que ama você
Porque eu fiz, e eu te amei, na verdade ainda amo
Porém nada disso fui digna de perceber
E por isso, só por isso, juntas não estamos

Contudo, como ainda amo, e acredite, em demasia
Lhe deixo este alerta para nunca vê-la sofrer
Tudo o que escrevi foi o que fiz e ainda faria
E se alguém assim fizer, tenha certeza que ama você

posted under |

0 comentários:

Postar um comentário

Postagem mais recente Página inicial

Recent Comments